Sua Excelência, O CABO.

Walfredo Rodrigues

Cabo:

Esse nome surgiu do Latim e significa cabeça, chefe, o que lidera!

Por isso falar mal de Cabo é falar mal da tropa!

Na ausência de um sargento é ele quem assume a função, tem que saber de tudo!

Afinal, ele é o Cabo!

A tão famosa frase: “Deixa que eu seguro”

surgiu para dar confiança ao soldado e tranquilidade ao sargento!

Cabo é tão importante que o ser humano resolveu adotá-lo em sua vida pelo mundo afora…

Veja!

Por melhor que seja um machado, capaz de derrubar uma floresta inteira, certamente ele precisará de um bom Cabo para guiá-lo em seus golpes precisos e contundentes!

Enxadas, martelos e até mesmo uma arma de fogo precisam do Cabo…

Energia elétricas são transportadas por centenas de milhares de metros pelos… Cabos!

Quem não teve um equipamento eletrônico quebrado e ao levá-lo ao conserto aparece um técnico e diz:

“Era um Cabo que tava solto!”

Imagine agora um nordestino todo arretado, no uso de sua gíria local, dizendo:

É a menor palavra da Hierarquia Militar, dissílabo, paroxitona não acentuada, dois macarrão na divisa, o segundo passo na promoção dos praças, é o elo forte da tropa, não precisa mais de nome ao ser promovido, passa a ser simplesmente o Cabo!

Cabo é status e referência, qualquer policial que você veja de bigode, você vai logo pensar:

“É cabo!”

Se tiver gordo:

“Deve ser Cabo antigo”

Aliás, nenhum aumentativo se encaixa tão bem quanto dizer “Cabão”

Soldadão não soa bem..

Sargentão é sinônimo de mandão..

Nenhuma patente se encaixa tão bem que nem dizer: “Cabão”

Minha homenagem a todos os Cabos que são nossos CABO VÉI …

Parabéns pelo o dia internacional do CABO.

Serei sempre um CABO VEI.

As informações são do BLOG DO MONTEDO

Comentários no Facebook