AMAN forma nova turma de aspirantes
    
 
     
 
 

 
   
 
     
 
 

Parceiros

Pesquisar

English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified

Solenidade marca abertura da Semana da Pátria em Guajará

Durante a manhã desta segunda-feira (01), foi realizada a solenidade de Abertura Oficial da Programa...

Corte de verbas afeta 7 projetos do Exército

Por Virgínia Silveira | De São José dos Campos Sete projetos considerados estratégicos e prioritári...

A precarização salarial das Forças Armadas brasileiras

De todas as instituições imbuídas constitucionalmente de garantir a paz social e a segurança públic...

42 operários mortos e 10 desaparecidos, somente nas obras das usinas de Jirau e Santo Antônio e do linhão de transmissão

Nas obras das usinas hidrelétricas de Jirau e Santo Antônio e da instalação do linhão de transmissã...

FAB expõe bombas, mísseis e foguetes desenvolvidos no Brasil

A Força Aérea Brasileira vai expor foguetes, mísseis e bombas na 3ª edição da Mostra da Base Indust...

Entre o sonho e a realidade

Por: João Bosco Leal Até hoje, milhões de pessoas se perguntam como Júlio Verne pôde ter escr...

Gratitude

Por: João Bosco Leal Através de uma rede social recebi um vídeo em que, enquanto transmitido, ouv...

IMORALIDADE - Mesmo morando na capital, presidente da ALE/RO já recebeu mais de R$ 100 mil de auxilio moradia

Um projeto de lei extinto no ano de 2008 pelo ex-deputado Miguel Sena e reavivado no ano de 2011 p...

Banda do 6º Batalhão de Infantaria e Selva de Guajará grava DVD

A banda do 6º Batalhão de Infantaria de Selva (BIS) de Guajará-Mirim (RO), município distante ce...

BATALHÃO PROMOVE CAFÉ DA MANHÃ COM PESSOAL DA ATIVA E DA RESERVA

O Comando do 6º Batalhão de Infantaria de Selva – Batalhão Forte Príncipe da Beira, promoveu na manh...

A ascensão de Marina

Ibope mostra substituta de Campos dez pontos à frente de Aécio, em 2º lugar Por: Sérgio Roxo - São ...

Jornalista usa factoide para pedir a cabeça do Comandante do Exército

Você, que é militar, dê uma olhada neste documento, expedido pelo Comandante do Exército a todas as ...

  • Solenidade marca abertura da Semana da Pátria em Guajará

  • Corte de verbas afeta 7 projetos do Exército

  • O Brasil na Grande Guerra

  • A precarização salarial das Forças Armadas brasileiras

  • 42 operários mortos e 10 desaparecidos, somente nas obras das usinas de Jirau e Santo Antônio e do linhão de transmissão

  • FAB expõe bombas, mísseis e foguetes desenvolvidos no Brasil

  • Entre o sonho e a realidade

  • Gratitude

  • IMORALIDADE - Mesmo morando na capital, presidente da ALE/RO já recebeu mais de R$ 100 mil de auxilio moradia

  • Banda do 6º Batalhão de Infantaria e Selva de Guajará grava DVD

  • Vídeo do Exército Brasileiro em homenagem a todos os Soldados

  • BATALHÃO PROMOVE CAFÉ DA MANHÃ COM PESSOAL DA ATIVA E DA RESERVA

  • A ascensão de Marina

  • Promoção dos 3º SGT QE a 2º SGT QE do Exército Brasileiro a contar de 1º Dez 2013

  • Jornalista usa factoide para pedir a cabeça do Comandante do Exército

AMAN forma nova turma de aspirantes PDF Imprimir E-mail
Noticias Militares - Militares
Seg, 02 de Dezembro de 2013 09:58
AddThis Social Bookmark Button
Entrega de espadas oficializa formação de 406 cadetes da Aman. Cerimônia aconteceu no Pátio Tenente Moura, na sede da Aman, no sábado.
Resende (RJ) - Após a entrega de espadas na Academia Militar das Agulhas Negras (Aman), a passagem dos 406 novos aspirantes foi marcada pela saída simbólica no Portão Monumental. A cerimônia de Declaração a Aspirantes a Oficial dos integrantes da Turma General Carlos de Meira Mattos aconteceu no sábado, no Pátio Tenente Moura, na sede da Aman, com a presença ilustre do ministro de Estado da Defesa, Celso Luiz Nunes Amorim. Dos 406 cadetes formandos, 396 são brasileiros – sendo nove naturais de Resende – e 10 provenientes de nações amigas – cinco de Moçambique, um de El Salvador, um de São Tomé e Príncipe, um de Cabo Verde, um do Peru e um da Bolívia.
Na tarde de sexta-feira, dia 29, os cadetes participaram de cultos religiosos no Auditório General Médici, na Biblioteca Coronel Nei Paulo Panizzutti e no Foyer Inferior do Teatro. A colação de grau foi realizada no mesmo dia, no Teatro Acadêmico. Às 8h30min de sábado, houve a Restituição dos Espadins e Passagem do Estandarte do Corpo de Cadetes, no Pátio Tenente Moura. Por volta de 10 horas, a mais alta autoridade, ministro Celso Amorim, foi recepcionada pela Escolta, Salva e Guarda de Honra, nas Avenidas Duque de Caxias e do Exército.
Além de Amorim, participaram da solenidade de Entrega de Espadas e Declaração de Aspirante a Oficial, que teve início às 11 horas: os comandantes do Exército, Aeronáutica e Marinha, o General de Exército Enzo Martins Peri, o Tenente-brigadeiro do Ar Juniti Saito e o Almirante de Esquadra Júlio Soares de Moura Neto, respectivamente; o comandante da Aman, General de Brigada Tomás Miguel Miné Ribeiro Paiva; o deputado Jair Bolsonaro (PP-RJ); e o prefeito José Rechuan Júnior e a primeira-dama Ana Paula Rechuan; entre outros convidados e autoridades.
A CERIMÔNIA
Em seu discurso, o General de Brigada Tomás se despediu da turma com elogios e mensagens de confiança. “Na última conversa, nós concluímos que a tarefa de liderar homens, em tempos tão modernos e complexos, consiste em manter os valores legados pelos nossos antecessores, adaptados e comunicados de maneiras criativa e flexível a uma nova geração de soldados. Foram cinco anos de entrega total ao ideal de tornar-se oficial combatente do Exército, entre desafios sucessivos, paciência, coragem e superação. A Aman é uma das mais importantes e difíceis academias militares do mundo. O patrono da turma, General Meira Mattos, construiu sua carreira de infante e intelectual nas adversidades. Jovens aspirantes, recebam a espada da justiça, símbolo da honra e da devoção do oficial das nossas Forças Armadas! Guardem dentro do peito a paixão que os fez soldados! Nesse mundo cada vez mais complexo e difuso – onde as ameaças são mais previsíveis, fortifiquem-se com as ferramentas que lhes incutimos na alma – verdade, lealdade, probidade, responsabilidade, fé e coragem. A tropa será sua escola e os pelotões e seções suas famílias!”, declarou o comandante.
Durante a cerimônia, o primeiro colocado da turma, o cadete de infantaria Guilherme Pereira Calixto, 22 anos, natural de Juiz de Fora, Minas Gerais, recebeu a espada do ministro Celso Amorim. Ele ainda foi homenageado com a Medalha Marechal Hermes, entregue pelo General de Exército Enzo. “É um momento muito especial na minha vida! Após cinco anos de dificuldades, eu só tenho a dizer que o mais importante é colocar Deus em primeiro lugar, antes do esforço e da dedicação. Desta forma, as conquistas acontecem naturalmente em nossas vidas!”, frisou o aspirante – que é evangélico – rodeado de familiares e amigos.
Celso Amorim ainda fez suas considerações e parabenizou a turma. “Esta formação militar não se encerra agora, pois é contínua. A técnica e os valores cultivados – cidadania, lealdade, espírito de hierarquia e disciplina – são preparações para os novos desafios como oficiais. O Brasil é um país bastante requisitado, tendo como exemplos, as missões de paz no Haiti e no Líbano. Vivemos em uma região de paz, mas devemos estar atentos para a soberania da pátria. Quero lembrar que a política e a diplomacia visam o bom relacionamento com as demais nações. Em um Estado Democrático, devemos ampliar o campo de ação intelectual. Uma das questões técnicas é a cibernética. Parabéns a todos, pelo sacrifício e devoção ao Estado!”, frisou. Em coletiva à imprensa, o ministro reafirmou a importância da cibernética na formação dos oficiais, relacionando-a aos últimos episódios de espionagem. “A espionagem é um fato, uma verdade! A cibernética é uma ferramenta perigosa com ataque direto à soberania de um país. Pode afetar uma nação e ser um dos teatros de uma guerra! Por isso, os militares devem estar preparados com disciplina, devoção ao Estado e formação tecnológica, assim como civis e empresas atuantes no ramo”, reforçou.
O evento foi encerrado com o ato simbólico da saída dos novos aspirantes pelo Portão Monumental. Às 22 horas de sábado, houve o Baile da Espada.
A Voz da Cidade/montedo.com
 

Comentar

Aprovamos comentários em que o leitor expressa suas opiniões. Comentários que contenham termos vulgares e palavrões, ofensas, dados pessoais (e-mail, telefone, RG etc.) e links externos, ou que sejam ininteligíveis, serão excluídos. Erros de português não impedirão a publicação de um comentário.
Qualquer mensagem abusiva, obscena, vulgar, insultuosa, difamadora, de ódio, ameaçadora, sexualmente tendenciosa ou qualquer outro material que possa violar qualquer lei aplicável não representa a opinião do site sendo de responsabilidade do autor da mensagem


Código de segurança
Atualizar

Share on Myspace
A precarização salarial das Forças Armadas brasileiras
De todas as instituições imbuídas constitucionalmente de garantir a paz social e a segurança pública, as Forças Armadas são as mais defasadas, seja em termos de progressão na carreira, seja na questão de moradia ou em questões salariais.

É recorrente o envio de tropas do Exército, da Marinha e da Aeronáutica em apoio aos estados brasileiros para as mais diversas demandas. Depois da atuação das Forças Armadas antes, durante e depois da fatídica Copa das Copas, em que centenas de militares ficaram meses longe de seus familiares para garantir o sucesso daquele evento, necessário se faz colocar na agenda dos presidenciáveis a questão da defasagem salarial que vitima essa categoria social há anos.
Numa comparação rápida no portal da transparência do governo federal pode-se constatar a disparidade salarial existente entre o Ministério da Defesa e outros órgãos de segurança pública do País, sejam eles estaduais ou federais.
Assistimos, nos últimos meses que antecederam a Copa, ao emprego do Exército e da Marinha no estado do Rio de Janeiro, em Salvador e em Pernambuco, em missões que caberiam, à luz da Constituição Federal, a outros órgãos de segurança pública.
O emprego das Forças Armadas no combate ao tráfico de drogas deveria se restringir a vigilância de nossa extensa faixa de fronteiras; entretanto, essas tropas federais vêm sendo constantemente utilizadas em ações de apoio às operações policiais contra o crime organizado e o tráfico de drogas no meio urbano, missão que foge a sua especificidade operacional e constitucional, haja vista que são ações de natureza policial.
Continue Lendo!!!

Mural de recados

Claudinei da Cruz
31/05/2014 às 19h43
Militar Exército
SC

Este é um dos melhores portais de informações Militares, mais ultimamente está complicado, está infectado de publicidade pipocando na tela sem controle algum do usuário sempre entro pra ver as novidades, mais ultimamente está complicado. Espero que o ad [...]

Ver recado completo »

Visitantes

mod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_counter
mod_vvisit_counterHoje170
mod_vvisit_counterOntem4189
mod_vvisit_counterEsta semana8196
mod_vvisit_counterEste mês8196
mod_vvisit_counterTotal de acessos3629224

Usuários Online

Nós temos 41 visitantes online

Previsão do Tempo

 
 
Copyright © 2014 www.aperoladomamore.net. Todos os direitos reservados.
Joomla! é um Software Livre com licença GNU/GPL v2.0.
Joomla templates | Qualidade wallpapers